A  Educação é o único meio que temos para romper com a realidade contraditória que impede o Brasil de seguir o caminho do desenvolvimento. A pobreza instalada  em nossas terras é o fruto mais puro da corrupção e da fragilidade de nossos valores morais. A mudança precisa ocorrer, primeiramente, na construção dos valores nacionais. O que somos como povo, como cidadãos? O que pretendemos construir neste país? Tenho dito em minhas palestras que o Brasil carece de homens comprometidos com as questões públicas, na verdade, o Brasil carece de líderes preparados para guiar a sociedade em direção a construção de uma nova estrutura social e econômica. A realidade que nos deprime é o produto do comodismo e da falta de vontade em mudar as estruturas  enferrujadas da nossa liturgia de poder. Somos tratados  como objetos descartáveis, logo, chegamos a conclusão que não conseguimos conquistar as coisas mais básicas de uma sociedade democrática, como por exemplo: cidadania, educação, moradia, saúde e saneamento básico. Afirmo e reafirmo, enquanto não investirmos em educação de qualidade, estaremos fadados ao fracasso contínuo. A escola não pode e nem deve ser uma estrutura prisioneira de talentos. A escola precisa ser eficiente e eficaz, precisa contribuir com o processo profundo de reflexão do ser humano em sua caminhada existencial. A realidade em que  estamos inseridos tem transformado homens em zumbis – em mortos vivos – tudo isso pela inoperância política e pelas decisões desastradas que vem sendo tomadas nos últimos 21 anos de Plano Real. O Brasil precisa encontrar seu caminho e construir seu destino, entretanto, para isso, precisamos mais do que nunca, fazer emergir o sentimento de nação, senão teremos dificuldades para estabelecer uma nova ordem e construir um outro destino para este grande continente.

 

A Educação é a chave de ouro que abrirá a porta que se encontra escondida entre os escombros da politica corrupta – sem nenhum interesse público. À medida que, a sociedade se conscientizar que o principal produto de qualquer país desenvolvido é a Educação de Qualidade, quem sabe poderemos romper os desafios humanos que nos impedem de seguir em frente e conquistar o verdadeiro desenvolvimento esperado por milhões de brasileiros. Até quando seremos uma piada internacional? Até quando seremos  o exemplo  do gigante adormecido? O Brasil pode muito mais, contudo, é preciso que eu e você façamos a nossa parte e mudemos o destino da realidade pífia da economia brasileira.  Um país se faz com homens e livros, já dizia Monteiro Lobato. Temos que perseguir a estrada do conhecimento e da tecnologia, temos que fazer de nossas salas de aula um espaço de cidadania e desenvolvimento humano, assim, poderemos conquistar o grande prêmio. O prêmio de uma nação livre e desenvolvida. Vamos educar nossas crianças e construir os alicerces sustentáveis do desenvolvimento do Brasil.

A baixa qualidade de nossa educação tem sido refletida nas urnas de nossas eleições. Enquanto, uma grande parte de nossa sociedade viver marginalizada e alijada do processo político-eleitoral, com certeza, teremos grandes dificuldades de transformar o Brasil. A sociedade educada não se deixa escravizar por pequenos espelhos holandeses e políticas assistencialistas. O Brasil paga por ano  aos banqueiros,  mais de 300 bilhões de reais somente de juros da  dívida pública. Os banqueiros tomaram conta do Brasil e usurpam nossas possibilidades de deixar a areia movediça da pobreza. Não vejo outra forma de mudar essa realidade doentia em que fomos submetidos, que não esteja ligada a EDUCAÇÃO.  A Educação transforma o humano em todos os seus aspectos, proporcionando novas expectativas e permitindo uma análise mais realista e madura dos acontecimentos. O povo brasileiro tem sido tratado como gado. Tem sido conduzido de forma irresponsável por aqueles que se encontram no poder. Nossas assembleias nada representam, fazem muito pouco pelo o que  custam  a sociedade. A política encontra-se desacreditada pelos homens de bem e, logo, nossas representações  não são capazes de motivar o cidadão a participar da política. Precisamos encontrar o caminho, caso contrário, estaremos condenados ao submundo do medo. Precisamos investir e investir, cada vez mais, em nossas crianças, por meio da escola em tempo integral, por meio da prática esportiva. Não há outro caminho que possa nos proporcionar a construção de uma sociedade livre e democrática. Somente por meio da EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, mudaremos a cara do Brasil…

 

“BRASIL MOSTRA SUA CARA, QUERO VER QUEM PAGA PRA GENTE SER ASSIM…”

 

 

Relacionados

Comente este artigo

Your email address will not be published.